sábado, 22 de agosto de 2009

caminhos opostos

Eles se olharam e a vida passou. Cruzou o farol vermelho como aquele motoboy destemido e virou na outra esquina, na errada. Estava tudo tão certo, tão bem sinalizado, mas parece que não suficiente para acertarem os caminhos.

0 comentários: