quinta-feira, 7 de maio de 2009

Every night

É a noite. A noite que o desespero bate a minha porta. A noite que o vazio em meu peito desperta, explode. A noite quando deito em minha cama, é que me permito ficar vulneravel. É a noite que tiro a máscara do "eu estou maravilhosamente feliz, satisfeita e completa!". Oh meu Deus, a quanto tempo não me sinto assim!? Quanto tempo... Eu sinto um aperto tão enorme no coração, um nó na garganta, e ainda assim não consigo se quer derramar uma lágrima. De que jeito eu vou conseguir extravasar todo essa vazio que sinto!? COMO EU FAÇO PRA ACABAR COM ELE? Eu to cansada. Cansada dessas inúmeras noites tristes, vazias, silenciosas. Desse sentimento de que falta alguma coisa, alguma coisa muito importante. Eu só queria achar uma forma de fazer com que tudo isso acabe. Que essa fase passe logo... ALGUÉM AÍ DOS CÉUS PODE, POR FAVOR, ME OUVIR? Eu também tenho um coração... Preciso preenchê-lo urgentemente, antes que fique tarde demais, e esse buraco que há nele, acabe me engolindo, me consumindo por inteira.. e aí, será tarde demais.

0 comentários: